Mundo

Um vídeo imperdível. Trump visita fábrica de máscaras e recusa… colocar máscara

Numa altura em que os números de vítimas por covid-19 aconselham confinamento, Donald Trump quer reabrir a economia. E numa visita a uma fábrica de máscaras, o presidente dos EUA foi protagonista de um momento inusitado, que demonstra, na perfeição, a forma como encara a pandemia.

Durante uma visita a uma fábrica de máscaras, no Arizona, Donald Trump recusou colocar aquela proteção aconselhada em tempos de pandemia, demonstrando o nível (nulo) de preocupação.

Mas esse sinal de que a economia está à frente da saúde não está apenas na cara de Trump. Está também no discurso do presidente norte-americano, que quer eliminar as medidas de confinamento, ainda que os indicadores aconselhem o contrário.

“O nosso país está agora numa nova fase da batalha. Uma fase de reabertura gradual, de forma segura. Portanto, estamos a reabrir o nosso país. Quem diria? A reabrir. A reabrir”, insistiu.

Porém, apesar do discurso otimista de Donald Trump, a realidade (que não se compadece com atos eleitorais) tem outra face.

De acordo com um documento interno do governo norte-americano, o número de mortos diários será, em julho, o dobro daquele que é registado neste momento, nos EUA.

0Shares

Em destaque

Subir