Motores

Campeonato de Montanha com impacto mediático superior a dois milhões de euros

O Campeonato de Portugal de Montanha teve nos três primeiros meses do ano um impacto mediático superior a dois milhões de euros.

É o que reflete um relatório elaborado pela Cision, sobre uma disciplina do automobilismo que em 2020 apenas realizou uma prova – a Rampa Porca de Murça – antes da interrupção da competição devido à situação de pandemia por coronavírus.

Foto: Pedro Monserrate

Isto revela a crescente popularidade das rampas junto do público e também a estratégia de comunicação permanente do campeonato, que em janeiro e fevereiro destacou a apresentação dos pilotos e dos seus projetos desportivos, bem como a Gala da Montanha, que se realizou em Santa Marta de Penaguião a 11 de janeiro.

O espaço editorial ocupado pelas 741 notícias registadas pela Cision equivale a um custo publicitário (AAV – Automatic Advertising Value) avaliado em 2.028.083 euros. No total, as notícias veiculadas neste período, 64 foram veiculadas na imprensa que corresponderam a um AAV de 87.997 euros, 234 na televisão correspondendo a um AAV de 1.471.621€ euros 10 na rádio, correspondendo a um AAV de 10.372 euros e 433 notícias na Internet, correspondendo a um AAV de 458.090 euros.

Para estes resultados muito contribuíram as noticias emitidas nos diferentes canais televisivos, com especial destaque para o facto de ter sido bastante alargado o espectro de presença do CPM JC Group, conseguindo ter espaço noticioso nos canais televisivos da RTP, da SIC Notícias, Sport TV, CM TV, Bola TV, Porto Canal e Eleven Sports, abrangendo ainda um enorme alcance radiofónico, que incluiu a Antena 1, Rádio Renascença, TSF, M80 e Golo FM.

Na internet, a presença mediática distribui-se por diferentes plataformas noticiosas, das generalistas às especializadas, destacando-se os sites VelocidadeOnline, Autosport, VMotores, Sportmotores, Motor 24, PT Jornal, AutoLook, O Jogo, Record, A Bola, Ionline e JN.

0Shares

Em destaque

Subir