Motores

Toque afasta Francisco Mora da luta e Robin Vaks vence a primeira corrida do TCR em Portimão

Robin Vaks venceu a primeira das duas corridas do fim de semana do TCR Ibérico no Autódromo Internacional do Algarve.

Com este êxito o piloto estónio da ALM Honda Racing destronou Francisco Mora da liderança da competição, sendo que agora apenas quatro pontos separam os dois pilotos na discussão pelo título.

Ao longo das 14 voltas da corrida de hoje Vaks viu o seu companheiro de equipa, Mathias Vahtel, ‘levantar o pé’ na reta da meta para lhe ‘abrir as portas da vitória’, até porque Mora rodava apenas na quinta posição, na sequência de um toque de Vahtel.

O jogo de equipa da ALM Honda Racing permitiu a Robin Vaks transformar o atraso de 11 pontos relativamente ao piloto do Porto numa vantagem de quatro. “Tenho de agradecer à equipa o excelente trabalho feito, depois dos problemas técnicos surgidos ontem, e ainda ao meu colega de equipa”, declarou no final o vencedor.

Quem não se conformou com o que se passou em pista foi, obviamente, Francisco Mora: “Eu ia tentar passá-lo, e ele (Vahtel) ‘fechou a porta’, e houve um toque entre nós, como já sucedera antes, só qye desta vez afetou a roda dianteira do meu carro. Ficou desalinhado e só me restava levá-lo até ao fim para somar o máximo de pontos.

Gustavo Moura ainda chegou a anima a luta pelo terceiro lugar mas o pneu dianteiro do Audi RS3 LMS ficou danificado numa travagem, e um toque de Evgeniy Leonov acabou por danificar a suspensão do carro do piloto de Paços de Ferreira, que foi obrigado a abandonar.

Destaque ainda para Daniel Teixeira, que com uma boa gestão de pneus e sem correr muitos riscos, conquistou um excelente terceiro lugar, enquanto o seu companheiro de equipa Joaquim Santos se impôs na classe DSG.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir