Cultura

Sexta-feira de muito calor e… alguma trovoada

A onda de calor que vai atingindo o país prossegue, nesta sexta-feira, com os termómetros a atingirem, em alguns locais, valores históricos de temperatura.

Numa sexta-feira com tempo “excecionalmente quente”, segundo avisa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), é de esperar “céu pouco nublado ou limpo”.

Os avisos das entidades responsáveis são vários e ao alerta de calor – e todas as preocupações quanto aos possíveis incêndios – junta-se agora um aviso para a provável ocorrência de trovoadas em alguns regiões do país, ficando cinco distritos em alerta amarelo.

É que existe a possibilidade de um aumento temporário de “nebulosidade nas regiões do interior durante a tarde com condições favoráveis à ocorrência de trovoada”.

As cidades mais quentes vão ser Castelo Branco, Santarém, Setúbal e Évora onde os termómetros vão chegar aos 44 graus de máxima.

A capital pode esperar 42 graus, enquanto que o Porto estará mais ‘fresco’ que Lisboa.

Na cidade Invicta são esperados 34 graus, enquanto que Faro terá 37 graus.

As noites vão ser ‘tropicais’ com a generalidade do território continental a sentir temperaturas entre 20 e 25 graus.

Açores e Madeira

As temperaturas elevadas e o sol contrastam com o tempo que é esperado para o arquipélago dos Açores, onde o IPMA antecipa uma sexta-feira com temperaturas a rondar os 26 graus e com possibilidade de aguaceiros fracos.

A Madeira terá “céu com períodos de muita nebulosidade, tornando-se geralmente pouco nublado nas vertentes norte e nas regiões montanhosas a partir da tarde” e as temperaturas devem rondar os 26 graus no Funchal.

Estado do mar

O IPMA prevê para a costa ocidental ondas de noroeste com um a 1,5 metros e água a uma temperatura de 17/18 graus.

Na costa sul, a previsão é de ondas de sueste com um a dois metros, diminuindo para um metro a partir do final da tarde e uma temperatura da água do mar a rondar os 19 graus.

Mais partilhadas da semana

Subir