TV

Privacidade: WhatsApp encripta as conversas e avisa o FBI

O WhatsApp anunciou a “encriptação total” das mensagens. A garantia da privacidade das conversas surge depois do FBI ter conseguido hackear um iPhone, que motivou uma guerra com a Apple. Agora, o WhatsApp revela que “ninguém pode ver o conteúdo da mensagem”.

Este anúncio do WhatsApp surge no contexto da mediática guerra entre as autoridades norte-americanas, em especial o FBI, e a Apple, por causa dos dados de um iPhone utilizado por um terrorista.

Depois da polícia federal dos EUA ter revelado que, com a ajuda de terceiros, conseguiu hackear o iPhone, acedendo aos dados do utilizador (um dos terroristas do ataque de San Bernardino), o WhatsApp veio anunciar a “encriptação total” das mensagens.

“O WhatsApp sempre deu prioridade a que os dados e comunicações fossem tão seguros quanto possível”, adiantou a empresa, num comunicado assinado pelos dos co-fundadores Jan Koum e Brian Action: “E hoje estamos orgulhosos em anunciar que concluímos uma aplicação tecnológica que faz do WhatsApp um líder na proteção da sua comunicação privada: a encriptação total”.

Todas as conversas através desta app, com mais de mil milhões de utilizadores, passam a estar “completamente encriptadas”, garantiu a empresa: “Ninguém pode ver o conteúdo da mensagem. Nem os cibercriminosos, nem os regimes opressivos, nem mesmo” o próprio WhatsApp.

Apesar das críticas das autoridades norte-americanas, as tecnológicas mantêm a privacidade dos dados dos utilizadores como uma bandeira essencial: “Todos os dias vemos histórias sobre dados sensíveis que foram roubados. E, se nada for feito, a informação digital das pessoas estará mais vulnerável a ataques nos próximos anos. Felizmente, a encriptação total protege-nos dessas vulnerabilidades”.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir