Política

Portagens na A3 e na A4 aumentam “à socapa e à sorrelfa”, condena Tiago Ribeiro

O deputado Tiago Barbosa Ribeiro estreou-se no plenário do Parlamento com um “exercício de memória”. Numa resposta a Cecília Meireles, o socialista condenou o anterior Governo PSD/CDS pelo “aumento à socapa e à sorrelfa” das portagens na A3 e na A4.

O deputado eleito pelo círculo do Porto, na primeira vez que discursou em plenário da Assembleia da República, lembrou um dos assuntos que mais preocupa a área metropolitana do Porto: a anunciada reintrodução das portagens na A3 e na A4.

Atacando a governação anterior, de PSD e CDS, Tiago Barbosa Ribeiro fez “um exercício de memória” para condenar como o executivo de Passos Coelho, antes de dar lugar à equipa de António Costa, “aumentou” as portagens nas saídas do Porto, eleito pelo TripAdvisor como o melhor destino emergente europeu, “à socapa e à sorrelfa”.

“A recuperação da credibilidade não se faz com algumas das notícias que soubemos recentemente. Não se faz negociando aumentos de portagens, como soubemos recentemente, na A3 e na A4, à socapa e à sorrelfa, fazendo nas costas dos portugueses e fazendo nas costas dos cidadãos, neste caso do distrito do Porto, aquilo que foram medidas não negociadas, não apresentadas e colocadas numa alínea do vosso programa eleitoral”, condenou o deputado socialista.

Tiago Barbosa Ribeiro lembrou ainda a ‘promessa’ de devolução de 35 por cento da sobretaxa “antes das eleições para depois sabermos que vamos ter zero por cento de devolução” e a contestação da direita às negociações em sede de concertação social.

Mais partilhadas da semana

Subir