Benfica

Ter a Sport TV vai custar às empresas mais de 50 euros com o IVA

sport tv

As empresas assinantes da Sport TV já começaram a ser notificadas. A 1 de janeiro, entra em vigor o novo preço para os clientes do mercado não residencial. Depois do aumento de 40 por cento já este ano, o custo vai subir 91 por cento, com as empresas a terem de pagar 50 euros.

Em menos de dois anos, as empresas viram os custos dos pacotes de canais premium de desporto subir de 26 para 36 euros e, a partir de 1 de janeiro, para os 50,57 euros, já com o IVA.

A Sport TV já começou a preparar os assinantes do mercado não residencial (empresas e hotelaria) para a atualização dos preços, mas ainda não se sabe o que vai acontecer com este aumento de 91 por cento face aos valores de 2014.

No ano passado, os canais de desporto custavam quase 26 euros às empresas. No primeiro mês deste ano, a Sport TV atualizou a assinatura em 40 por cento, com os custos a subirem para os 36 euros.

Com os preços a passarem dos 50 euros, devem aumentar as desistências e os desligamentos: no entanto, a empresa nunca revelou o que aconteceu depois da atualização de janeiro deste ano.

A esta subida não deve ser indiferente o recente acordo entre a operadora NOS (que detém uma participação qualificada na Sport TV) e o Benfica.

As expetativas apontam para que a BTV passe a ser um canal gratuito, com os jogos dos encarnados a passarem para a Sport TV, cuja assinatura deve ficar mais cara também para os clientes residenciais.

Foi em 1998 que a empresa lançou o primeiro canal de desporto, com conteúdos premium, em Portugal, com uma assinatura paga de forma adicional pelo cliente ao operador do serviço de televisão por cabo.

Agora, a Sport TV emite cinco canais nacionais e três internacionais.

É de referir que, no ano passado, a Benfica TV adotou uma política semelhante. O canal da Luz aumentou os preços para os clientes não residenciais, agravados em 70 por cento: passou dos 9,90 para os 16,90 euros.

Mais partilhadas da semana

Subir