Nas Notícias

Operação saco azul cerca Vieira e Benfica

O presidente do Benfica poderá enfrentar a justiça no âmbito de um processo relacionado com alegadas irregularidades fiscais.

De acordo com o jornal A Bola, Vieira terá sido ouvido na justiça e as inquirições prosseguem hoje com Domingos Soares de Oliveira (CEO da SAD) e Miguel Moreira, diretor financeiro do Benfica a serem ouvidos.

Em causa estarão irregularidades relacionadas com IVA e IRC mas, até ao momento, o Benfica não confirma.

O Ministério Público quer perceber a saída de cerca de 1,8 milhões de euros do Benfica para o pagamento de serviços de consultadoria informática.

Os inspetores da Autoridade Tributária acreditam que pode este ser um alegado esquema de fuga ao fisco.

Em junho de 2018, recorde-se, a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa confirmava em comunicado que tinham sido realizadas buscas ao Benfica.

Na altura, o comunicado fazia referência à “constituição de seis arguidos, sendo que três eram pessoas singulares e três pessoas coletivas”.

Ao jornal A Bola, o Benfica não confirmou que Vieira tenha sido constituído arguido no âmbito deste processo.

Numa altura em que se prepara para avançar para pré-campanha, com eleições agendadas para outubro, Vieira poderá ter de enfrentar um obstáculo extra.

Ao mesmo tempo, o presidente do Benfica atravessa um período de contestação dados os resultados desportivos da equipa de futebol principal que está perto de perder o título para o rival FC Porto.

0Shares

Em destaque

Subir