Motores

Lobato ganha a segunda corrida do CNVT no Algarve e Abreu o TCR Ibérico

A segunda corrida do fim de semana do Campeonato Nacional de Velocidade Turismos/TCR no Autódromo Internacional do Algarve consagrou Francisco Abreu como Campeão do TCR Ibérico, ainda que tenha sido ganha por Rafael Lobato.

O piloto de Vila Real impôs-se diante do madeirense, que leva para casa o título ibérico, já que Francisco Mora não pôde alinhar pois não foi possível recuperar o seu SEAT Leon TCR dos estragos sofridos no acidente da véspera.

A vitória de Rafael Lobato neste segundo confronto, e o primeiro deste domingo, foi bastante ‘suada’, já que Francisco Abreu também passou pela liderança, antes de ter sofrido uma penalização com passagem pelas boxes, devido ao toque que deu no Audi RS3 LMS do piloto transmontano.

Desta forma a segunda posição acabou por ser bastante disputada entre José Cautela e Edgar Florindo, que acompanharam Rafael Lobato no pódio final.

“Foi uma corrida complicada, pois comecei mal, fiz um mau arranque. No início estava em terceiro lugar, mas pouco depois passei para a liderança. No início estava ligeiramente mais lento que o Francisco Abreu e andei a defender, ainda fizemos duas voltas praticamente lado a lado”, afirmou o vencedor após a prova.

“Foi uma grande corrida, depois houve um ligeiro toque no gancho interior, quando ele passa para a liderança e pouco depois ele é penalizado por um ‘drive trough’, não sei se foi disso, não consegui perceber porquê. Passei para a liderança novamente. Depois foi gerir a corrida até ao fim e também poupar os pneus para o Patrick Cunha que ia correr na corrida quatro”, acrescentou Rafael Lobato.

De destacar ainda a luta pela vitória no TCR2, entre Armando Parente, André Lavadinho e Simplício Taveira, que terminaram a prova por esta ordem.

Mais partilhadas da semana

Subir