Cultura

Carta de despedida de Flávio Migliaccio revelada

O ator Flávio Migliaccio, encontrado morto em casa na segunda-feira, deixou uma carta de despedida aos familiares, revelou a polícia brasileira, citada pela Revista Forum.

Na mensagem, o ator, que segundo a política terá cometido suicídio, deixou um olhar desalentado sobre a realidade da sociedade brasileira atual.

“Desculpem-me, mas não deu mais. A velhice neste país é o caos como tudo aqui”, começou por referir.

“A humanidade não deu certo”, considerou Flávio Migliaccio.

“Tive a impressão que foram 85 anos jogados fora num país como este e com esse tipo de gente que acabei encontrando. Cuidem das crianças de hoje”, escreveu ainda o ator.

Hoje, a imprensa brasileira avançou que a família pondera processar a Polícia Militar, depois da divulgação de uma imagem do corpo do ator, alegadamente divulgada por um militar.

Flávio Migliaccio foi encontrado sem vida na sua residência, situada em Serra do Sambê, em Rio Bonito.

O ator, que contava 85 anos, começou a carreira no teatro Arena, ficando conhecido do grande público, em Portugal, pela sua participação em diversas telenovelas.

Fez parte do elenco de ‘Salvador da Pátria’ (1989), ‘Rainha da Sucata’ (1990), ‘A Próxima Vítima’ (1995), ‘Torre de Babel’ (1998) e ‘Senhora do Destino’ (2004).

A última telenovela em que participou foi ‘Órfãos da Terra’, em 2019.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir