Benfica

Baganha insiste: “Se outros clubes têm claques registadas, por que é que o Benfica não as tem?”

O presidente exonerado do IPDJ voltou a implicar o Benfica no seu afastamento. Augusto Baganha deixou o desafio à tutela: “Se os outros clubes têm as suas claques registadas, por que é que o Benfica não as tem?”

A questão foi feita depois do ex-presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) ter sido ouvido pelo grupo parlamentar do CDS.

Quando era conhecida a exoneração mas ainda se encontrava à frente do IPDJ, Baganha acusou o vice-presidente, que lhe viria a suceder na liderança, de favorecer o Benfica.

Segundo Augusto Baganha, Vítor Pataco reteve durante meses o processo que, depois de avocado pelo presidente do IPDJ, viria a resultar no castigo de um jogo à porta fechada para o Benfica.

“Tive de avocar esse processo para ele ficar resolvido”, insistiu, hoje, Augusto Baganha.

“O processo esteve retido com o meu ex-colega [Vítor Pataco] e tive de o fazer para resolver uma situação que se estava a arrastar. Isso está bem expresso na ata e em documentos que tive de enviar ao presidente do Benfica”, reiterou.

Numa crítica velada ao secretário de Estado do Desporto, o ex-presidente do IPDJ questiona se um clube pode ficar à margem da lei quando os outros a cumprem.

“Este problema das claques tem muito a ver com a ação dos clubes”, frisou: “Se os outros clubes têm as suas claques registadas, por que é que o Benfica não as tem?”

4Shares

Mais partilhadas da semana

Subir