Motociclismo

António Maio vence entre os estreantes e sobe seis posições

António Maio não podia ter começado melhor a sua segunda semana de competição no 41º Rali Dakar, ao ser o melhor estreante a sexta etapa da prova.

O tetracampeão nacional de todo-o-terreno foi o terceiro melhor piloto das Yamaha numa tirada onde apenas quatro pilotos privados ficaram à sua frente, subindo seis posições na classificação geral das motos.

Foto: Marcelo Machado de Melo

Maio ocupa agora um excelente 24º posto, depois de na tirada mais longa do rali (839 km) ter sido o 17º mais rápido na especial de 317 quilómetros. O piloto da Yamaha Fino Motor Racing ascendeu também à segunda posição dos ‘rookies’ na ‘geral, logo atrás de Ross Branch, do Botsuana, que é tricampeão sul africano de todo-o-terreno.

“Tudo começou com uma ligação de 300 quilómetros às 4h00 da manhã. Depois começamos a especial com 70 quilómetros de dunas complicadas, mas correu tudo bem, não tive nenhuma queda, e isso é que era o principal objetivo. Não cometi nenhum erro de navegação. Foi mais uma etapa ‘limpa’. Estou bastante contente por ter continuado a manter este registo de regularidade”, declarou o piloto de Borba no final da etapa.

A sétima etapa do Rali Dakar 2019 disputa-se em forma de ronda com partida e chegada a San Juan de Marcona e com um total de 323 quilómetros cronometrados.

Mais partilhadas da semana

Subir