Nas Notícias

Ana Leal apresenta prémio após suspensão da TVI: “O que nunca me poderão tirar”

Ana Leal foi suspensa da TVI, após a divulgação de emails que trocou com Sérgio Figueiredo. A jornalista, que está sob proceso disciplinar, já reagiu, nas redes sociais, publicando uma imagem com um prémio que recebeu. “O que nunca me poderão tirar.”, escreveu, como legenda de uma foto onde surge acompanhada da equipa de jornalistas do seu programa.

A jornalista Ana Leal foi suspensa e está sob um processo disciplinar, de acordo com o jornal i, depois de ter partilhado com o Conselho de Redação emails trocados com o diretor de informação do canal, Sérgio Figueiredo.

A TVI tem em um curso um inquérito. O advogado de Ana Leal, Ricardo Sá Fernandes, considera que não existe “qualquer fundamento” para esta medida e considera, em declarações ao jornal i, que “há uma questão de liberdade de imprensa que pode estar em causa”.

O caso que envolve Ana Leal tem origem em alegada “censura”, feita por Sérgio Figueiredo. O Conselho de Redação considerou que não existiu qualquer prática de censura, nem a Ana Leal, nem a qualquer jornalista, considerando que o diretor do canal agiu em conformidade com as suas competências.

Sá Fernandes espera, no entanto, mais esclarecimentos, considerando que a suspensão não tem justificação:

“Vamos defender a Ana Leal como merece. É uma jornalista que tem contribuído muito para o sucesso da TVI. Acho que esta suspensão é inaceitável. Apuraremos o assunto até às últimas consequências”, disse, ao jornal i.

A TVI, no entanto, não reage a este caso. Em declarações ao Público, a estação garante que não foi a troca de emails a dar origem ao inquérito que está em curso, mas “um conjunto de situações”, que não são explicadas.

0Shares

Em destaque

Subir