Mundo

Vídeo: “Jamais ia fritar você”, diz Bolsonaro a Regina Duarte

Regina Duarte abandonou o Governo de Jair Bolsonaro e ambos fizeram questão de desmentir os rumores de uma alegada má relação.

A demissão da secretária da Cultura do Brasil acabou por não ser surpreendente, pois há várias semanas que boa parte da imprensa avançava que o Presidente, Jair Bolsonaro, estava disposto a ‘queimar’ a atriz para aliviar a pressão sobre ele próprio, devido à forma como tem gerido a pandemia de covid-19.

Após a demissão, o Governo brasileiro publicou um vídeo com Jair Bolsonaro ao lado de Regina Duarte.

“Todas as semanas tem um ou dois ministros que, segundo a mídia, estão sendo ‘fritados’. O objetivo é desestabilizar-nos e tentar derrubar o Governo. Não vão conseguir. Jamais ia ‘fritar’ você”, diz Bolsonaro à ex-secretária da Cultura, que tinha tomado posse a 4 de março com a missão de ‘pacificar’ o setor.

De acordo com Regina Duarte, a saída do Governo não foi motivada pela má relação com o Presidente, nem pela contestação crescente no setor que tutelava, mas sim porque… foi convidada a liderar a Cinemateca.

“Acabo de ganhar um presente que é um sonho de qualquer pessoa de comunicação, de audiovisual, de cinema, de teatro: um convite para fazer cinemateca, que é um braço da cultura que funciona lá em São Paulo, e é um museu de toda a filmografia brasileiro”, adiantou a atriz e ex-governante.

“Pode ter presente melhor do que esse? Obrigado, Presidente”, concluiu Regina Duarte.

Veja o vídeo.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir