América do Sul

Vídeo: Destruídos no México carros de prestadores do serviço Uber

Um grupo de pessoas atacou condutores e carros com o serviço Uber, na Cidade do México. Foram arremessados pedras, paus, ovos e farinha, com os agressores a destruírem os veículos, alegadamente como retaliação, já que este serviço se apresenta como uma alternativa aos táxis. Veja as imagens.

Os ataques ocorreram perto do aeroporto internacional da Cidade do México, numa altura em que os motoristas de táxi se manifestaram contra o Uber, um serviço que serve de intermediário entre motoristas e clientes, através de uma aplicação para smartphone.

A procura crescente deste serviço – mais barato do que os tradicionais táxis – tem gerado grande revolta por parte dos taxistas, em todo o mundo. Aliás, a legalidade do Uber é questiona, tendo em vista as licenças necessárias para prestar o serviço.

Na Cidade do México, os protestos foram muito violentos. Um vídeo do ataque, que ocorreu nesta quarta-feira, mostra um grupo de pessoas que lançam pedras, paus, ovos e farinha, ao mesmo tempo que arrancaram retrovisores.

No total, foram registados estragos em 12 viaturas, num caso que foi comentado pela porta-voz do Uber. “Foi um ataque gravíssimo à liberdade e ao direito de todos de ganharem a vida de forma digna”, disse Rocío Paniagua.

A Cidade do México foi a primeira na América Latina a determinar as regras para o Uber. Outras cidades daquela região do globo já se manifestam.

Veja o vídeo.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir