Mundo

Vídeo: Baltimore em estado de emergência, após protestos contra ação policial

Depois dos motins em Baltimore (EUA), em manifestações de protesto pela morte de Freddie Gray, o governador de Maryland decretou o estado de emergência. Gray era um jovem negro que morreu, após ferimentos na coluna cervical provocados por um agente da polícia. Veja o vídeo do ‘estado de sítio’ em que ficou Baltimore.

A onda crescente de violência causada pela morte de Freddie Gray, em Baltimore, deixou a cidade norte-americana a ferro e fogo, com saques, motins, confrontos com as autoridades e vandalismo.

O governador de Maryland decretou o estado de emergência, em Baltimore, com a população a ser obrigada a recolher a casa entre as 05h00 e as 22h00, durante esta semana.

São medidas que têm como objetivo travar a escalada de violência a que se vem assistindo, após a morte de Freddie Gray, caso que veio reacender o confronto entre negros e polícia, com as autoridades norte-americanas a serem acusadas de racismo.

Há manifestações pacíficas, em memória do jovem que morreu, mas há grupos de pessoas que atuam com violência extrema, provocando o caos em Baltimore.

As autoridades revelam total incapacidade em controlar esse sentimento de revolta, pelo que este recolher obrigatório surge para o travar.

Há dezenas de detenções de manifestantes, por confrontos com a polícia e atos de vandalismo, sobretudo.

O presidente dos EUA, Barack Obama, já se reuniu com o governador de Maryland e com os responsáveis políticos de Baltimore, num caso que não é local e que representa mais um episódio nesta luta entre polícia e população negra.

Desde julho passado, quando Michael Brown, um afro-americano de 18 anos, foi morto pelas autoridades em Ferguson (Missouri), ocorrem diversos casos semelhantes.

Baltimore é o mais recente palco deste fenómeno. Veja como ficou a cidade.

3Shares

Mais partilhadas da semana

Subir