Economia

Tribunal Constitucional confirma condenação de Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional rejeitou o recurso de Ricardo Salgado, mantendo a condenação do Banco de Portugal.

Desta forma, o antigo ‘dono disto tudo’ fica inibido de exercer funções na banca até 2028, tendo ainda de pagar uma multa de 3,7 milhões de euros, por atos de gestão ruinosa.

Como é a segunda vez que o Tribunal Constitucional rejeita o recurso do antigo homem-forte do BES, a decisão não é passível de recurso.

Ricardo Salgado tinha sido condenado pelo Banco de Portugal por gestão ruinosa, falsificação de contas da Espírito Santo International e esquema fraudulento de emissão de dívida, no valor de 1300 milhões de euros, colocada em clientes do BES.

0Shares

Em destaque

Subir