Desporto

“Rúben Dias, com a bolinha no pé, não joga nada. Zero”, defende Rodolfo

O jovem defesa-central do Benfica foi eleito o melhor em campo, no clássico de ontem, e é considerado um grande jogador. Rodolfo Reis, antigo capitão do FC Porto, não concorda. “Ele e bom a desarmar, é bom a dar umas porradas, a dar umas joelhadas nas costas, mas com a bolinha no pé, zero”, diz.

O clássico do Estádio da Luz terminou com vitória encarnada, com Rúben Dias a ser considerado, quase unanimemente, como o melhor em campo.

Mas nem todos concordam com esta tese, ou com a onda de elogios feita ao jovem central do Benfica.

Rodolfo Reis, antigo capitão do FC Porto, surpreende na sua análise, que contraria a maioria dos analistas do fenómeno desportivo.

“O rapazinho central ‘dá nela’, é leão, eu gosto, tem garra, já foi expulso várias vezes, e só não foi mais vezes porque os árbitros estavam a dormir ou porque era o Benfica. Mas com a bolinha no pé, não joga nada…”, começou por dizer, no programa Play-Off, da SIC Notícias, neste domingo.

Rodolfo Reis – que no mesmo programa teceu duras críticas à exibição dos campeões nacionais – enumera as limitações que observa no internacional português.

“Não mete a bola a 20 metros, nem a 30 metros. Não mete… Ele e bom a desarmar, é bom a dar umas porradas, a dar umas joelhadas nas costas, mas com a bolinha no pé, zero. Não tem classe, não tem categoria”, insiste.

A terminar, uma comparação com outro jovem central, mas do FC Porto.

“O Militão, à beira do Rúben, dá 100 a zero. Cem a zero ao rapazinho”, conclui.

Mais partilhadas da semana

Subir