Economia

Receita fiscal cresce 1,3 por cento e atinge 7800 milhões de euros em fevereiro

O Estado arrecadou 7.778,7 milhões de euros em impostos nos dois primeiros meses deste ano, o que reflete uma subida homóloga de 1,3%, indica a Síntese de Execução Orçamental da Direção-Geral do Orçamento (DGO), hoje divulgada.

“Durante os primeiros dois meses de 2020, a receita fiscal líquida acumulada do subsetor Estado registou um aumento de 100 milhões de euros (+1,3%) face ao período homólogo em 2019, maioritariamente explicado pela evolução da receita dos impostos diretos (+3,7%)”, refere a DGO, salientando a evolução do IRS e de outros impostos diretos, nomeadamente a Contribuição Extraordinária sobre o Setor Energético (CESE).

Esta taxa de crescimento homólogo de 1,3% compara com os 13,6% registados no período homólogo do ano de 2019.

No comunicado emitido pelo Ministério das Finanças sobre a execução orçamental até fevereiro, é referido que “o crescimento da receita resultou do forte desempenho da economia e do mercado de trabalho até fevereiro, ainda antes do início do surto da covid-19”.

0Shares

Em destaque

Subir