Desporto

Real Madrid vence Espanyol e mantém perseguição à distância ao Barcelona

O Real Madrid venceu hoje em casa do Espanyol por 4-2, em jogo da 21.ª jornada da Liga espanhola de futebol, mantendo uma perseguição à distância ao líder FC Barcelona e ao Atlético de Madrid, segundo classificado.

Apesar da expulsão do francês Varane aos 72 minutos, os ‘merengues’ conseguiram a vitória, com golos do francês Benzema (04 e 45 minutos), do ‘capitão’ Sergio Ramos (15) e do galês Gareth Bale (67), que saiu do banco aos 64 para o lugar do brasileiro Vinícius.

Para os catalães, marcaram o brasileiro Léo Baptistão, aos 25 minutos, e Rosales, aos 81, já depois de estarem a jogar em superioridade numérica.

Perante a vitória do FC Barcelona em casa do Girona, por 2-0, os madrilenos precisavam de vencer para continuarem na perseguição, ainda que com um atraso considerável: os catalães lideram com 49 pontos, mais cinco que o Atlético de Madrid e mais 10 que o Real Madrid.

O Espanyol segue no 15.º posto, com 24 pontos, apenas quatro acima da zona de despromoção.

O Athletic de Bilbau continuou hoje a recuperar postos na tabela, ao subir ao 11.º lugar, com os mesmos pontos do Eibar, 10.º, e do Levante, 12.º, ao bater o Bétis por 1-0, graças a um tento de Muniain.

A formação de Quique Setién, com William Carvalho totalista, caiu para o oitavo lugar, por troca com o Valência, e está a dois pontos do sexto classificado, o Getafe, último lugar que dá acesso às competições europeias.

A Real Sociedad, nona classificada, não foi hoje capaz de sair do nulo diante do lanterna-vermelha Huesca, que continua a nove pontos da ‘linha de água’.

Horas antes, o português Nelson Semedo tinha-se estreado a marcar pelo FC Barcelona, ao concretizar o primeiro golo da vitória por 2-0 no reduto do Girona, com o argentino Lionel Messi a fechar a contagem, com os líderes a conseguirem a oitava vitória consecutiva na prova.

Pela manhã, o Celta de Vigo manteve-se em ‘queda livre’, sob o comando do treinador português Miguel Cardoso, ao perder por 2-1 no reduto do Valladolid, naquela que foi a quinta derrota consecutiva.

Provisoriamente, o conjunto de Vigo segue no 17.º lugar, com 21 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Rayo Vallecano (joga na segunda-feira no reduto do Alavés) e cair para a zona de despromoção.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir