Local

Circulação ferroviária internacional cortada em Valença após atropelamento mortal

Um atropelamento ferroviário na linha do Minho, em Valença, provocou hoje a morte de um homem e obrigou ao corte da ligação internacional entre a cidade do Porto e Vigo, Galiza, Espanha, disse à Lusa fonte da proteção civil.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, o alerta foi feito pelas 19:51 e o atropelamento aconteceu na passagem de nível de São Pedro da Torre, localmente conhecida por Chamosinhos, sendo que a circulação de comboios naquela ligação ferroviária foi cortada cerca das 20:20.

A mesma fronte revelou que foi acionada para o local uma equipa de psicólogos da INEM para apoio aos familiares da vítima mortal, com 54 anos de idade.

Contactado pela agência Lusa, o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Valença, Miguel Lourenço, adiantou que o acidente envolveu um comboio que seguia no sentido entre o Porto e Valença.

Ao local compareceram 19 operacionais e oito viaturas da corporação local, uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) do INEM, elementos da GNR, para investigação do caso, e técnicos das Infraestruturas de Portugal (IP).

Mais partilhadas da semana

Subir