Nas Notícias

“Ponte 25 de Abril? Não sejamos alarmistas”, diz Marcelo

O Presidente da República expressou a sua preocupação com o estado da Ponte 25 de Abril e pede uma intervenção na estrutura que diariamente é utilizada por milhares de pessoas. Ainda assim, Marcelo Rebelo de Sousa afasta “alarmismos”.

“Há um relatório que aponta para urgência em obras – não quer dizer que a ponte esteja a cair; e há o Governo que percebe a urgência e que determina essas obras”, disse o chefe de Estado, nesta quinta-feira, em declarações aos jornalistas.

Marcelo Rebelo de Sousa afastou o cenário de alarme.

“Não sejamos alarmistas”, disse, explicando que, se as obras se vão prolongar por um período de dois anos é sinal de que “não há um grau de urgência igual para todas as reparações”.

Em declarações recolhidas pela Lusa, o Presidente da República diz nada ter que apontar ao comportamento do Governo nesta situação, pois “fez o que devia ter feito”.

“Logo que chegou o relatório – é assim que normalmente se faz, há um relatório técnico, o relatório técnico mostra que há pontos onde é necessário haver intervenções – o Governo decidiu intervir.”

Sobre o debate desta situação no Parlamento, Marcelo Rebelo de Sousa diz entender.

“Tem toda a lógica”, sublinhou o Presidente da República.

Por causa de alguns danos, a ponte 25 de Abril deverá entrar em obras por um período 24 meses.

Mais partilhadas da semana

Subir