Motores

Peugeot apresentou ‘máquina’ para o ‘Mundial’ de Ralicross

Depois de ter colocado um ponto final no seu programa no Dakar e nas provas de Todo-o-terreno, a Peugeot está firmemente empenhada no Campeonato do Mundo de Ralicross (World RX).

A marca de Sochaux fez a apresentação oficial do seu ‘ataque’ à disciplina com a nova versão do 208 WRX – que agora possui um motor de 560 cv, sofreu uma ‘cura de amagrecimento’ e possui suspensões e transmissão revistas –, com três carros entregues a Sebastien Loeb, Timmy Hansen e Kevin Hansen.

Esticamente os novos Peugeot para acategoria Supercar do World RX destacam-se pelas novas asas, prometendo ser mais rápidos, ágeis e possuir um melhor compromisso entre os pisos de terra e asfalto.

Loeb mostra-se entusiasmado para a nova temporada: “Temos grandes ambições para a época que aí vem. A chegada da Peugeot como equipa oficial é exatamente o que precisamos para dar um passo em frente e permitir que nos possamos bater pelo título. Antes estávamos próximos mas faltava-nos ainda qualquer coisa. O envolvimento oficial da Peugeot dá-nos isso. Antes não podíamos contar com todas as evoluções no início da época. Isso complicava a nossa tarefa nas primeiras corridas, mas nunca sabíamos como iria ser o desfecho do campeonato”.

Para Timmy Hansen o envolvimento da Peugeot também é motivo para estar otimista para 2018: “Esperamos por um carro mais competitivo este ano, com todas estas evoluções imaginadas pelos engenheiros da Peugeot Sport. As nossas hipóteses de sermos competitivos só aumentaram, mesmo se nos lembrarmos que vamos enfrentar concorrentes muito fortes neste campeonato.

Mais partilhadas da semana

Subir