Mundo

“O nosso suspeito matou Madeleine McCann”, garante polícia alemã

A polícia alemã tem “provas ou factos concretos”, que não apresenta, de que Christian Brueckner matou Madeleine McCann.

“São provas ou factos concretos que temos e não meras indicações”, adiantou o porta-voz da Procuradoria de Brunswick, na Alemanha, citado pela AFP.

“Por enquanto, não posso revelar as informações exatas que temos e que indicam que o nosso suspeito matou Madeleine”, acrescentou.

O mesmo porta-voz referiu que a polícia alemã escreveu aos pais de Maddie a comunicar a morte da menina, desaparecida em 2007 na Praia da Luz, no Algarve, e essas “provas” a incriminar Christian Brueckner, suspeito que se encontra em prisão preventiva no âmbito de um outro caso.

No entanto, o casal McCann declarou à imprensa britânica não ter recebido qualquer carta.

Christian Brueckner, de 43 anos, morava a poucos quilómetros do hotel onde a família McCann passava férias, em 2007.

0Shares

Em destaque

Subir