Motores

Miguel Barbosa com um pódio muito ‘suado’

Miguel Barbosa alcançou por ventura um dos pódios mais ‘suados’ da sua carreira no Campeonato de Portugal de Ralis ao terminar na terceira posição o Rali de Castelo Branco.

Nesta que foi a primeira prova do ano em pisos de asfalto, o piloto lisboeta e o seu navegador, Jorge Carvalho, realizaram uma prova de trás para a frente, protagonizando um duelo cerrado pelo terceiro posto com José Pedro Fontes.

Fotos: AIFA/Jorge Cunha

A dupla do BP Ultimate Vodafone Skoda Team iniciou o segundo dia de prova a pouco mais de sete segundos do seu rival do Citroën C3 R5, mas ao longo da tirada foi anulado essa diferença e na segunda especial de domingo conseguiu mesmo superar o seu rival mais próximo.

Fontes não facilitou a vida a Barbosa e a vantagem do piloto do Skoda Fabia R5 nunca foi superior a 4,3s, mas o terceiro lugar não lhe escaparia sendo decidido por pouco mais de um segundo.

“Iniciámos bem o rali com um bom andamento nos três troços de sábado. Infelizmente fizemos um pião na segunda super especial que nos fez perder alguns segundos e terminámos o dia na quarta posição. Partimos para a etapa de hoje com o objetivo de concluir a corrida no pódio”, conta Miguel Barbosa.

O piloto lisboeta explica que o duelo pelo terceiro posto acabou por ser algo que esperava, por isso deu o tudo por tudo para atingir o seu objetivo no segundo dia: “Sabíamos da dificuldade que nos esperava. Tínhamos o José Pedro Fontes à nossa frente e o Bruno Magalhães atrás, mas fomos competentes e conseguimos o lugar no pódio que ambicionávamos”.

“Foi difícil, como é óbvio. O José Pedro é um especialista no asfalto e sabíamos que ia ser complicado. Queríamos chegar ao pódio. Cedo percebemos que iria ser difícil acompanhar o ritmo do Armindo e do Ricardo. Restou-nos lutar pelo último lugar do pódio”, sublinha Miguel Barbosa.

O piloto lisboeta gostaria de ir para a Madeira com mais pontos, mas o terceiro posto acaba por ser o resultado possível: “Claro que gostaríamos de ter lutado pela vitória, mas o Armindo e o Ricardo estavam muito fortes hoje e dou-lhes os meus parabéns. Foi um bom resultado e pontos importantes para o campeonato, mas temos de continuar a evoluir para estarmos ao melhor nível nas próximas corridas”.

Mais partilhadas da semana

Subir