Nas Notícias

Metro de Lisboa rescinde contrato com empreiteiro da obra da estação de Arroios

O Metropolitano de Lisboa vai tomar posse administrativa da obra da estação de Arroios, após ter rescindido o contrato com o empreiteiro, anunciou hoje a Câmara Municipal de Lisboa.

“Infelizmente, tive hoje a informação, e foi hoje que a tive, de que foi hoje enviada uma carta para o empreiteiro da obra do metro de Arroios para rescindir o contrato e que o Metro irá tomar posse administrativa da obra na próxima segunda-feira”, afirmou o vereador da Mobilidade no município.

Falando na reunião descentralizada destinada a ouvir os munícipes das freguesias de Arroios e Avenidas Novas, Miguel Gaspar (PS) disse que “aquilo que se segue agora é a retomada do processo tão depressa quanto possível”, defendendo ser “preciso encontrar outro empreiteiro que tome conta da obra”.

Segundo o autarca, o Metropolitano de Lisboa “vai entrar em contacto imediatamente também com os comerciantes da zona e retomar este contacto com a Junta de Freguesia”, para que “seja minimizado o impacto que isto tem na população”.

“Tanto quanto sei, o Metro explorou todos os instrumentos que tinha de gestão daquele contrato para salvaguardar a situação no interesse da população. Chegou à situação limite e tomou esta decisão”, explicou ainda.

Segundo informou Miguel Gaspar em abril, com base na informação transmitida pela empresa, as obras naquela estação do Metro de Lisboa deveriam estar concluídas no segundo semestre deste ano.

Mais partilhadas da semana

Subir