Motociclismo

Mário Patrão sexto na Baja de Aragon

Mário Patrão esteve mais uma vez em destaque na Baja de Aragon Teruel, segunda prova da Taça do Mundo FIM da especialidade.

O piloto português foi sexto num evento que reuniu muitos dos melhores nomes do todo-o-terreno mundial, e onde competia pela primeira vez. Aos comandos da sua KTM Patrão cumpriu o prólogo de sexta-feira com o nono melhor tempo, para no sábado – que incluiu duas especiais, de 147 e 215 km – adotou um andamento consistente e terminou com o sétimo lugar.

No domingo o piloto de Seia ‘atacou’ forte no quarto e último setor cronometrado, com 127 km entre Barrachina e Algambra, e acabou por conseguir ao sexto lugar final absoluto. Um resultado que exprimiu todo o seu potencial, sobretudo tendo em linha de conta que se tratava de uma estreia.

“Foram três dias de uma prova muito exigentes. Cumprimos 818 quilómetros, 529,5 dos quais cronometrados. Foi ótimo para o meu desempenho poder participar este ano e pela primeira vez nesta prova que reúne muitos dos melhores pilotos mundiais e que é tão distinta das que se realizam em território nacional”, considerou Mário Patrão.

Em jeito de balanço o piloto beirão acrescenta: “Foram troços duros e muito competitivos, mas também espetaculares de conduzir, que proporcionam um enorme prazer de condução a quem gosta de pilotar. A equipa de assistência, a quem aproveito desde já para agradecer, fez um ótimo trabalho. Foi também muito gratificante poder, uma vez mais, levar além fronteiras o nome dos meus patrocinadores”.

Mais partilhadas da semana

Subir