Motociclismo

Mário Patrão na ‘defensiva’ no começo do Rali de Marrocos

Mário Patrão adotou uma atitude defensiva na primeira etapa do Rali de Marroscos iniciou a sua participação no Rali de Marrocos, depois de ter sido o 17º no prólogo da véspera.

O piloto português, que integra a equipa oficial da KTM, teve em conta a dureza da tirada de hoje, com 495 km, divididos por dois seletivos, de 103,4 e 225,7 km.

“A etapa de hoje foi bastante dura e sentia-se o perigo a cada curva. O piso continua muito escorregadio, o que torna a navegação ainda mais difícil. Isso obrigou-me a cuidados redobrados para não cometer erros”, explicou Mário Patrão.

O piloto de Seia está preparado agora para as dificuldades que aí vêm: “Amanhã espera-nos uma etapa super maratona, com quase 400 quilómetros, onde iremos trabalhar para melhorar o nosso resultado, sem comprometer a corrida”.

A etapa de domingo, tal como as dois dois dias seguintes, será em forma de ronde, tendo um setor seletivo de 386,29 km.

Mais partilhadas da semana

Subir