Motores

M-Sport Ford “superou bastante as expetativas” em 2019

Apesar de não ter logrado qualquer vitória no Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) deste ano, a M-Sport Ford “superou bastante as expetativas”, segundo o seu responsável.

Richard Millener faz um balanço positiva da prestação da sua equipa em 2019, apesar de não ter logrado ganhar qualquer prova e ter perdido os serviços de Elfyn Evans, que se mudou para a rival Toyota.

Com Evans, Teemu Suninen, Pontus Tideman e Gus Greensmith, este último em algumas provas, a equipa fez o melhor com o material de que tinha à disposição, com o galês a falhar por muito pouco a vitória na Córsega, onde acabou por ter de se contentar com a terceira posição, devido a um furo no final da prova.

Suninen também brilhou com o Fiesta RS WRC, tendo liderado o Rali da Suécia, antes de Evans obter o primeiro pódio da época para a equipa no México. Depois o finlandês teve o seu momento de glória ao ser segundo na Sardenha.

Por todas estas razões e mais algumas o líder da M-Sport diz que está satisfeito com o desempenho da equipa: “Tenho de agradecer a Malcolm (Wilson, o ‘patrão’) por me ter dado esta oportunidade de gerir esta equipa este ano. Foi qualquer coisa com que sonhava e recebi esta proposta como uma imensa marca de respeito. Espero prosseguir aqui no próximo ano”.

“É certo que não conseguimos a vitória que visávamos, mas estivemos tão próximos e a equipa está ciente do que conseguiu. Conseguimos ultrapassar bastante as expetativas e conseguimos perceber que não estamos aqui (no WRC) só para fazer de figurantes”, salienta Millener.

Para o chefe da M-Sport Ford considera que não apenas os seus pilotos se mostraram competitivos com o Fiesta WRC mostrou todo o seu potencial: “Lutamos pela vitória e ganhamos especiais em todo o tipo de superfícies, dando um grande impulso nas carreiras de vários jovens pilotos. O que foi o que a M-Sport sempre procurou fazer”.

5Shares

Mais partilhadas da semana

Subir