Apresentações/Novidades

KIA ‘ataca’ segmento dos ‘crossover’ com o XCeed

O XCeed é a mais recente proposta da KIA para o segmento dos ‘crossover’, mostrando mais uma vez a agressividade estratégica da marca, que parece não deixar passar nada ‘ao lado’, em termos das ‘fatias’ mais apetecíveis do mercado.

A ideia da KIA é que o novo modelo se posicione num segmento entre o mais utilitário Stonic e o familiar Sportage. Aquilo que a marca classificativa de alternativa desportiva aos tradicionais SUV, com uma estética que vem de encontro aquilo que mais recentemente a casa coreana tem revelado.

Óticas alongadas, uma grelha onde agora figuram uns frisos em alumínio e uns farolins traseiros também alongados. Linhas esculpidas que se combinam com as proteções das cavas das rodas, do motor e parte inferior traseira, onde se inserem as duas ponteiras de escape.

O perfil mais baixo do XCeed mostra também que se trata de um produto diferente de tudo aquilo que a marca apresentou no passado recente. Não pretende ser um complemento ao ProCeed, nem uma variante do Stonic. Tem uma aparência quase de automóvel.

É mais longo do que o Ceed ‘hatchback’, embora partilhe as portas dianteiras com o mesmo, é mais alto e mais largo, para além de uma altura ao solo superior e rodas maiores, pois possui jantes de 16 polegadas.

Estas dimensões generosas traduzem-se em mais espaço interior. Há um aumento do vão traseiro, com a bagageira a oferecer uma capacidade de 426 ltros, 31 litros mais do que sucede no convencional Ceed.

A bordo não falta um equipamento muito completo, como já é tradicional na KIA, com destaque para o sistema de telemática VO Connect, que disponibiliza um ecrã de 10,25 polegadas como opção e o Supervision de 12,3 polegadas de série.

Os sistemas de ajuda à condução também fazem parte da parafernália deste Xceed, incluindo o controlo de velocidade inteligente, o sistema de deteção de ângulo morto, o aviso de colisão frontal, o aviso de limite de velocidade inteligente e, como é mais comum atualmente, o stop & go.

Para melhorar o comportamento deste novo ‘crossover’ a KIA dotou-o com uma novidade absoluta na gama; os amortecedores de batentes hidráulicos, que são de série no eixo dianteiro. Também foi suavizado o coeficiente de rigidez das molas em ambos os eixos.

No que toca a motorizações o XCeed é servido exatamente pelas mesmas que equipam o Ceed. Ou seja: nos gasolina o 1.0 T-GDi de três cilindros com 120 cv de potência, o 1.4 T-GDi de 140 cv e o 1.6 T-Gdi com 204 cv. Nos diesel o 1.6 Smartstream, com 115 e 136 cv.

Em termos de transmissão, e com exceção do 1.0 T-Gdi – que é disponibilizado apenas com a caixa manual de seis velocidades – os restantes motores têm a opção de uma transmissão de sete velocidades de dupla embraiagem.

A comercialização do deverá iniciar-se no próximo mês de agosto, mas os preços ainda não são conhecidos, sendo que no começo de 2020 deverá surgir uma versão híbrida e outra elétrica ‘plug-in’.

Mais partilhadas da semana

Subir