Cultura

Jorge Palma, Miguel Araújo e Márcia marcam a agenda cultural de Castelo Branco

Concertos com Jorge Palma, Miguel Araújo e Márcia marcam a agenda cultural de Castelo Branco para o segundo trimestre do ano, que inclui ainda o espetáculo Por Terras de Zeca Afonso, um tributo à sua obra.

“A agenda Cultura Vibra de Primavera começa com diversas propostas abrangentes, com Miguel Gizzas, Branko, que virá acompanhado por Sara Tavares, Dino d’Santiago e Cachupa Psicadélica”, explica o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia.

O autarca sublinha que, para além destes músicos de primeiro plano, a cidade vai receber a Orquestra Filarmónica Portuguesa, dirigida pelo antigo professor da Escola Superior de Artes Aplicadas Osvaldo Ferreira, e o grupo oriundo da Córsega “A Filetta”, que apresenta um pouco da tradição dos Cantos Sagrados daquela região italiana, num programa enquadrado na época Pascal.

A agenda Cultura Vibra leva ainda a Castelo Branco, no sábado, o DJ e produtor musical Branko, que atua às 21:30 no Cineteatro Avenida, onde vai apresentar o seu segundo álbum, “Nosso”.

O músico e compositor Jorge Palma atua no Cineteatro Avenida no dia 26 de abril, pelas 21:30, dando continuidade ao sucesso da digressão do “Expresso do Outono”, que ocorreu no final de 2018.

No dia 03 de maio, é a vez dos Mão Morta e Inês Jacques atuarem no palco do Cineteatro Avenida, pelas 21:30.

“No Fim Era o Frio” é um projeto que junta um grupo de música a um grupo de bailarinos para apresentar uma desconstrução de espetáculo de dança e de música.

Contrariamente ao habitual concerto rock, onde a banda se apresenta a tocar a sua música, trata-se aqui de um espetáculo onde um grupo de bailarinos apresenta a música da banda, dando corpo e movimento ao que esta toca.

No dia seguinte, 04 de maio, o Centro Cultural de Alcains recebe, pelas 21:30, o espetáculo musical “Por Terras de Zeca Afonso”, concerto centralizado na figura de Zeca Afonso e que é um tributo à sua obra, quer como compositor, quer como poeta.

O espetáculo vai ter interpretações em variados formatos, nomeadamente em dueto, quarteto e a solo.

Esta digressão de 2019 conta com os arranjos e direção musical de Davide Zaccaria e com as vozes dos cantores Filipa Pais, João Afonso, Maria Anadon e Zeca Medeiros que vão ser acompanhados por músicos conceituados como Armindo Neves (guitarra elétrica), Paolo Massamatici (oboé), Luís Pinto (baixo), Ivo Martins (bateria), além do mentor e diretor musical Davide Zaccaria (guitarra acústica e violoncelo).

A 18 de maio, é a vez de Miguel Araújo atuar no Cineteatro Avenida, pelas 21:30, onde irá apresentar o seu projeto “Casca de Noz”.

A cantora Márcia, um dos talentos maiores da composição em língua portuguesa, atua no Centro Cultural de Alcains no dia 29 de junho, às 21:30.

A agenda Cultura Vibra apresenta ainda um conjunto vasto de iniciativas que vão decorrer no concelho de Castelo Branco, como teatro, exposições fotográficas, entre outras, que decorrem ao longo do segundo trimestre do ano.

Mais partilhadas da semana

Subir