Desporto

“Há árbitros que foram escorraçados da arbitragem e nem sabemos os porquês”, diz Vieira

Luís Filipe Vieira falou aos jornalistas no final do clássico. O presidente do Benfica deixou um duro ataque às arbitragens e avisou que “é fácil castigar o Benfica na dúvida”, pois “há árbitros que foram ameaçados” e que os responsáveis da arbitragem “sabem quem são”.

“Na dúvida é fácil castigar o Benfica”, revelou o presidente das águias, na zona mista do Estádio Municipal de Braga, direcionando as críticas À arbitragem.

“Devíamos ficar preocupados com isto tudo. Por debaixo dos e-mails e das malas ciao que se condenaram em hasta pública. A verdade é que ninguém nos condenou. Há um homem que está com uma câmara de televisão à frente e não consegue distinguir se é fora de jogo ou não, se não conseguem ver que no primeiro golo do FC Porto há falta a meio campo, então este árbitro não pode apitar mais.”

O presidente do Benfica salientou ainda que “há árbitros que foram ameaçados” e que os responsáveis de arbitragem “sabem quem são”.

“Eu já fui ao Conselho de Arbitragem e tive a ousadia de dizer que a principal culpa é deles. Há árbitros que foram escorraçados da arbitragem e nem sabemos os porquês”, salientou o máximo dirigente encarnado.

E prosseguiu: “Eles sabem que foram ameaçados, eu sei que há árbitros que foram ameaçados e não se querem dizer as razões, mas eu sei. Ninguém nos vai vergar. Hoje ficou provado qual era a equipa que se tinha de abater”.

Vieira avisou que o Benfica tem no plantel os jogadores “que precisa” para lutar nas frentes onde está.

“O nosso objetivo é a Europa e o campeonato. Muitos querem falar, mas a valia está na nossa equipa. Estamos sob a bandeira do Benfica. Tenho muito orgulho em ser benfiquista e fiquem cientes disto: o Benfica ainda vai crescer muito mais.”

Mais partilhadas da semana

Subir