Motores

Fim de linha para Bruno Magalhães no ERC

Quando Bruno Magalhães terminou o Rali Barum Zlín já se falava que essa poderia ter sido a última prova do piloto português no ‘Europeu’ (ERC) deste ano. Agora veio a confirmação oficial.

Pode mesmo dizer que Alexey Lukyanuk, o russo que disputava com Bruno Magalhães o título, pode sagrar-se Campeão da Europa. Possui 35 pontos de vantagem sobre o piloto lisboeta quando faltam disputar duas provas para terminar o ERC de 2018.

As questões financeiras são apontadas como razão para esta desistência de Bruno Magalhães: “É uma grande deceção, já que gostaria de terminar a época e, é claro, lutar pelo título. Passar duas temporada a tentar angariar o dinheiro prova após prova foi muito difícil. Após 14 ralis seguidos sabia que um dia não seria mais possível e esse dia chegou.

O Vice-campeão europeu não tem assim outra alternativa senão renunciar a uma competição onde, nas duas últimas épocas foi um dos protagonistas principais, tendo ganho o Rali da Acrópole, mas apesar de agora se retirar espera reunir fundos para montar um novo programa para 2019.

“Vou concentrar-me no próximo ano. Quero continuar no ERC, já que é um campeonatoque adoro. Os dois últimos anos foram os melhores da minha carreira e consegui resultados muito importantes. O ambiente no campeonato foi muito bom nestes dois anos e vou continuar a tudo fazer para que isso continue”, acrescenta o piloto de Oeiras.

Mais partilhadas da semana

Subir