Motores

Bruno Magalhães conseguiu “um bom resultado num rali difícil”

Bruno Magalhães, acompanhado por Carlos Magalhães, iniciou o Campeonato de Portugal de Ralis 2020 com um pódio no Rali Serras de Fafe e Felgueiras.

Para o piloto do Team Hyundai Portugal tratou-se de uma prova complicada, que começou com algumas cautelas e que terminou ao ataque, necessário para garantir o segundo lugar final.

Foto: Ricardo Cachadinha

As condições meteorológicas do segundo dia tornaram a prova mais complicada, nomeadamente ao nível da tração, com Bruno Magalhães a sentir claras dificuldades em grande parte das especiais. Mas a consistência acabou por lhe valer um resultado que mais tarde pode ser importantíssimo quando se fizerem ‘as contas’ do campeonato.

“Começámos o campeonato com um bom resultado,num rali difícil para toda a gente”, referiu o piloto de Oeiras, sublinhando: “No início, com o piso mais seco, tivemos alguma dificuldade em encontrar a melhor aderência mas fomos sempre trabalhando no ‘set-up’ do carro e terminámos com uma excelente performance quando as condições ficaram mais difíceis, com a chuva e o nevoeiro”.

“Conseguimos pontos importantes,mas vamos continuar a trabalhar para estarmos ainda mais fortes na próxima prova”, apontou ainda o tricampeão nacional e vice-campeão da Europa, que ainda conseguiu ser o mais rápido numa especial; a classificativa de Luílhas / Guilhofrei 2.

Campeonato de Portugal de Ralis prossegue agora como emblemático Rali dos Açores, que se disputa de 26 a 28 de março, prova que marca também o arranque do Campeonato da Europa da especialidade (ERC).

 

0Shares

Em destaque

Subir