Ásia

Uma fábrica na China vai clonar cavalos, vacas e cães

cavaloSe pode ser fabricado, a China faz. Uma agência do império do meio revelou que está já em construção um complexo fabril para clonar animais, como cavalos, vacas e cães. A fábrica vai ter um banco de genes e um laboratório de clonagem.

Ainda se lembra da ovelha Dolly? Foi em 1996 que os cientistas, pela primeira vez, clonaram um animal.

Quase duas décadas depois, a segunda maior economia do mundo está a construir uma enorme fábrica de clonagem, avançou a Agência Nova China.

De acordo com a agência noticiosa, o complexo fabril, que vai ter um banco de genes e um laboratório de clonagem, está a ser erguido na cidade portuária de Tianjin, na região de Tianjin.

Será o maior complexo do mundo destinado a clonar animais, “como cavalos para corridas, vacas e cães para a polícia”, segundo a agência chinesa.

A fábrica pertence ao consórcio formada pela Boyalife, uma biotecnológica chinesa, e pela Sooam Biotech, da Coreia do Sul.

A ‘produção’ de clones deverá arrancar já no próximo ano.

O investimento no projeto superou os 200 milhões de yuans, cerca de 29,5 milhões de euros.

Quanto à Dolly, continua exposta no Museu Real de Edimburgo, na Escócia.

A ovelha ‘nasceu’ de uma célula adulta em 5 de julho de 1996, sendo eutanasiada a 14 de fevereiro de 2003 devido a uma doença pulmonar progressiva.

Mais partilhadas da semana

Subir