Internacional

Demi Lovato agravou consumo de droga e álcool dias antes da overdose (com vídeo)

Várias fontes próximas de Demi Lovato revelaram que a cantora vinha abusando cada vez mais do consumo de droga e de álcool, dias antes de sofrer uma overdose de heroína.

Amigos de quem a artista de 25 anos se vinha a separar, nos tempos mais recentes, revelaram que Demi Lovato estaria a conviver com um novo grupo de amigos, sendo estes quem pressionava a cantora a abusar de substâncias.

Essas fontes, citadas tanto por media dos EUA como do Reino Unido, acrescentaram que Demi Lovato, horas antes da overdose, esteve numa festa a beber ‘shots’ atrás de ‘shots’.

“Quem esteve com a Demi nessa noite e diz ser amigo dela devia estar enojado consigo próprio”, comentou um conhecido amigo da artista, Mike Manning, através das redes.

Uma enfermeira, citada sob anonimato pelo The Blast, acrescentou que Demi Lovato consumiu várias vezes metanfetaminas nos dias anteriores à overdose.

Ainda há poucas semanas, um grupo de amigos terá tentado sensibilizar a jovem para a crescente dependência de substâncias, mas esta recusou a intervenção.

“As pessoas com quem ela anda agora não são os verdadeiros amigos dela, não se interessam realmente por ela. Ela afastou os verdadeiros amigos”, lamentou uma fonte citada pela People.

Agora, Demi Lovato está decidida a entrar para uma clínica de reabilitação mal saia do hospital, garantem fontes citadas por vários media.

Veja o vídeo:


Mais partilhadas da semana

Subir