Nas Notícias

Costa assume que não vai descer IVA da eletricidade

António Costa assumiu que não seria “comportável” baixar o IVA da eletricidade e prometeu “outras vias” para que a fatura seja mais barata, mas… sem revelar quais.

Em entrevista à TVI24, o primeiro-ministro confirmou que a descida do IVA da eletricidade iria retirar 500 milhões de euros de receita fiscal.

“Há outras formas mais saudáveis para reduzir fatura elétrica”, salientou o governante, falando de seguida no défice tarifário, que atinge os 3000 milhões de euros.

“Se conseguirmos reduzir [o défice tarifário], isso pode repercutir-se de alguma forma na fatura da eletricidade”, argumentou .

Porém, António Costa não explicou que medidas estão a ser ponderadas para essa suposta redução do défice tarifário.

O primeiro-ministro desviou a conversa para outro tema, lembrando a criação do passe único nas zonas metropolitanas.

Mais partilhadas da semana

Subir