Local

Bombeiros deixam incêndio e socorro para dar boleia a técnicos da TVI

Os Bombeiros de Vila Verde são acusados de interromper o combate a um incêndio para levar, numa ambulância com marcha de urgência, a equipa do programa ‘Somos Portugal’, da TVI.

A denúncia é feita pelo Semanário V, que garante que a ordem foi dada pelo vice-presidente da direção dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde (BVVV), Paulo Renato Rocha, que é também o chefe de gabinete do presidente da Câmara de Vila Verde.

O caso ocorreu no passado domingo, quando a localidade foi palco do programa ‘Somos Portugal’, da TVI.

A equipa técnica da televisão terá ficado bloqueada entre o Campo da Feira (local da Festa das Colheitas) e a Praça de Santo António, onde estavam os apresentadores do programa.

Para ‘furar’ o trânsito, Paulo Renato Rocha ordenou, garante o semanário, que os profissionais da TVI fossem transportados numa ambulância em marcha de emergência.

Ainda de acordo com a mesma publicação, alguns bombeiros tiveram de interromper o combate a um incêndio florestal que lavrava no concelho para cumprir a ordem do vice-presidente.

“O Semanário V confirmou ainda, junto da Autoridade Nacional da Proteção Civil, que nesse mesmo período houve transportes urgentes, de socorro, recusados pelos bombeiros por falta de meios”, escreve aquele jornal.

Carlos Braga, o presidente da direção do BVVV, assegurou ao Semanário V tratar-se de uma situação “normal”.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir