Mundo

Aeroporto de West Midlands vai ter morgue e Gatwick fecha

O aeroporto de West Midlands, no centro de Inglaterra, vai abrigar uma morgue temporária para as vítimas da pandemia de covid-19, cujo impacto determinou também o encerramento parcial de Gatwick, que faz ligações a Portugal.

De acordo com a polícia de West Midlands, que prevê um agravamento da situação, a morgue provisória vai ter inicialmente uma capacidade para 1.500 cadáveres, mas pode ser ampliada.

Depois de Londres, aquela região é a que regista maior número de casos de infeção e mortes de pacientes de covid-19 a nível nacional, tendo contribuído com 40 dos 115 óbitos contabilizados na quinta-feira.

As autoridades estão a planear centralizar no local toda a operação de depósito de cadáveres da região, mesmo aqueles que não resultem do coronavírus SARS-CoV-2, mobilizando os funcionários das restantes morgues para simplificar a operação.

“Esta é uma situação grave, mas unindo todas as agências e parceiros do setor público, podemos lidar melhor com este desafio e trabalhar em conjunto num momento crítico de necessidade”, afirmou a comissária adjunta da polícia de West Midlands, Vanessa Jardine.

O aeroporto da região foi fortemente afetado nas últimas semanas, primeiro pela falência da companhia aérea nacional Flybe e agora pelo cancelamento de voos resultantes das restrições impostas a nível internacional.

Igualmente abalado pela redução de movimento, o segundo maior aeroporto britânico, Gatwick, em Londres, anunciou hoje que vai fechar o terminal Norte a partir de quarta-feira e durante um mês.

É do Terminal Norte que a Easyjet opera os voos com Lisboa e Porto, enquanto que a TAP Air Portugal e British Airways usam o Terminal Sul para as ligações a Portugal, mas todos estão atualmente cancelados.

Os poucos voos existentes vão ser concentrados no terminal Sul, adiantou a administração do aeroporto de Gatwick, parte do grupo Vinci, que também possui os aeroportos de Lisboa, Porto, Faro, Ponta Delgada e Funchal.

Na quarta-feira, foi a vez de o London City Airport, aeroporto no leste de Londres, anunciar que vai encerrar até ao final de abril, mas este não possui voos para Portugal.

De acordo com o Ministério da Saúde, foram identificados 14.579 casos de pessoas infetadas com covid-19 no Reino Unido, dos quais 759 morreram.

0Shares

Em destaque

Subir