Hoje é dia

5 de julho, nasce a ovelha Dolly, o primeiro mamífero clonado do mundo

A 5 de julho de 1996, nasceu a ovelha Dolly, na Escócia, fruto de um trabalho científico que resultou no primeiro mamífero clonado do mundo. Dolly viria a morrer a 14 de fevereiro de 2003.

Os investigadores Keith Campbell e Ian Wilmut criaram no Instituto Roslin, através do processo de clonagem, a ovelha Dolly, que nasce a 5 de julho de 1996, na Escócia, país onde viveu durante seis anos e oito meses.

Dolly foi clonada a partir das células da glândula mamária de uma ovelha adulta com cerca de seis anos, através de uma técnica conhecida como transferência somática de núcleo.

A mais célebre ovelha do mundo teve uma vida normal e deu à luz duas crias. Até que em 1999 foi divulgado um trabalho na revista Nature, segundo o qual Dolly poderia tender a desenvolver formas de envelhecimento precoce.

Esta questão suscitou uma acesa polémica na comunidade científica, relativamente à influência da clonagem nos processos de envelhecimento – tema que ainda na atualidade permanece obscuro.

E em 2002 foi anunciado que Dolly sofria de um tipo de artrite degenerativa, possivelmente resultante do envelhecimento precoce ao qual esta ovelha estaria ‘condenada’.

Dolly acabou por ser abatida em fevereiro de 2003, para não enfrentar uma morte dolorosa por infecção pulmonar incurável.

O seu corpo, embalsamado, está exposto no Royal Museum, em Edimburgo, na Escócia. Hoje, recorda-se o nascimento da ovelha filha da ciência.

E 5 de julho é dia de independências. Em 1811, dá-se a independência da Venezuela, que se torna no primeiro país da América do Sul a libertar-se de Espanha. Já em 1942, a Argélia torna-se independente. Também neste dia, em 1975, ocorre a Independência de Cabo Verde.

Nas Artes, um facto merece ser sublinhado, neste dia 5 de julho: em 1964, a soprano Maria Callas fez sua última apresentação, com a interpretação de ‘Tosca’, de Puccini.

Nasceram neste dia Francisco de Assis, frade católico italiano (1182), William Rankine, físico e engenheiro britânico (1820), Robert Merton, sociólogo norte-americano (1910), Georges Pompidou, político francês (1911), António de Macedo, cineasta português (1931), Edie Falco, atriz norte-americana (1963), e a Ovelha Dolly, o primeiro mamífero clonado (1996).

Morreram neste dia Francisco José Freire, historiador e filósofo português (1773), Nicéphore Niépce, inventor francês (1833), D. Maria Pia de Sabóia, rainha de Portugal (1911), e Edgar Cardoso, engenheiro de pontes português (2000).

Mais partilhadas da semana

Subir