Hoje é dia

2 de novembro, nasce Cleópatra, a mais famosa rainha do Egito

Cleópatra foi a última rainha da dinastia ptolomaica, que dominou o Egito após a Grécia ter invadido aquele país. Nasceu na Alexandria, neste dia, no ano 69 antes de Cristo. É uma das mais fascinantes personagens da história, que colocou a sedução ao serviço de uma estratégia de poder, que viria a levá-la à morte.

Cleópatra foi uma grande negociadora, estratega militar, com grandes conhecimentos em filosofia, literatura e arte gregas. Filha de Ptolomeu XII, ela ao trono egípcio aos 17 anos de idade, depois a morte do pai.

Seguindo a tradição da sua dinastia, Cleópatra casou com o irmão, Ptolomeu XIII, que teria cerca de 15 anos de idade, com quem teve de dividir trono. E a luta pelo poder viria a gerar instabilidade política e económica para o Egito.

Desde o início do seu reinado, Cleópatra percebeu que Roma era a potência emergente do Mediterrâneo e que, caso desejasse manter-se no poder, deveria manter uma proximidade estratégica. Por ironia do destino, acabou exilada e acabou por pedir apoio precisamente a Roma.

Sedutora e inteligente, Cleópatra sabia utilizar-se muito bem esses seus dotes. Num plano audacioso e arriscado, enviou-se si própria, embrulhada dentro de um tapete, como presente a Júlio César, de quem se tornou amante. Juntos, elaboraram um plano para matar o irmão de Cleópatra.

A sua ambição levou-a a seduzir mais tarde Marco António, governador do Império Romano. Da relação de ambos nasceram dois filhos, que Cleópatra ofereceu a Marco António, em troca de territórios.

O poder de sedução de Cleópatra permitiu-lhe reconquistar territórios perdidos para o Império Romano, o que levou o senado a declarar guerra a Cleópatra e Marco António.

Depois de derrotados na batalha naval de Ácio, ambos cometeram suicídio: Cleópatra deixa-se picar por uma serpente, em Alexandria, no ano 30 antes de Cristo, sendo que o Egito volta às mãos de Roma.

Cleópatra – que tinha uma grande preocupação com o luxo da corte e com a vaidade, cobrindo-se de jóias de ouro e pedras preciosas – é uma das personagens históricas mais fascinantes e servido de inspiração a diversos artistas, ao longo dos tempos.

Nasceram a 2 de novembro Cleópatra, Rainha do Egito (69 a.C), James Knox Polk, 11.º Presidente dos EUA (1795), Teixeira de Pascoaes, escritor português (1877), Odysseas Elytis, poeta grego (1911), Burt Lancaster, ator norte-americano (1913), Sofia, rainha da Espanha (1938), e Dmitri Smirnov, compositor russo (1948).

Morreram neste dia Gaspar Avalos de la Cueva, cardeal e arcebispo espanhol (1545), Cornelis van der Voort, pintor holandês (1624), (1950), e Petrus Josephus Wilhelmus Debye, físico-químico holandês (1966).

Morreram ainda Pier Paolo Pasolini, escritor italiano (1975), e Theo van Gogh, realizador de cinema holandês (2004).

Mais partilhadas da semana

Subir