Hoje é dia

19 de fevereiro, nasce Copérnico, que coloca o Sol no centro do Universo

Nicolau Copérnico foi um astrónomo polaco, pai da teoria do heliocentrismo, que altera a forma como se olhava o Sistema Solar. Hoje, 19 de fevereiro, assinala-se o nascimento do autor da Revolução Coperniciana, que colocou o Sol como centro do Universo, contrariando a (errada) teoria vigente de então.

Nasceu a 19 de fevereiro de 1943 e deixou a sua marca ao alterar o modo como os astrónomos analisavam o Sistema Solar.

Antes do trabalho de Copérnico, a Terra era considerada o centro do Universo. O polaco, com a Revolução Coperniciana, eliminou a teoria geocêntrica.

Foi também no dia 19 de fevereiro, mas em 1878, que o norte-americano Thomas Edison patenteou o fonógrafo.

O maior inventor de todos os tempos – que criou a lâmpada elétrica – juntou o fonógrafo à lista de mais de mil invenções com a sua assinatura.

Em 1766, abre as portas em Portugal o Colégio dos Nobres, criado por carta régia a 7 de março de 1761. E em 1926, o Castelo de Melgaço e a Muralha de Barcelos recebem a classificação de Monumentos Nacionais de Portugal.

A 19 de fevereiro de 1921, funda-se o jornal Folha de S. Paulo. Também no Brasil é criado, neste dia, mas em 1974, o Parque Nacional da Amazónia.

Na Guatemala, guardam-se más memórias, com um terramoto que ceifou a vida a cerca de 22 mil pessoas, em 1976.

Recua-se no tempo, para a II Guerra Mundial: a 19 de fevereiro de 1942, nos EUA, o Presidente Roosevelt decreta a transferência de cidadãos nipo-americanos para campos de concentração.

A União Soviética, em 1986, lança a estação espacial internacional Mir. E em 2005, nasce a edição portuguesa da Wikinews, três anos antes de Fidel Castro abandonar o poder em Cuba, com o seu irmão, Raúl Castro, a sucedê-lo.

Nasceram a 19 de fevereiro, além de Nicolau Copérnico, Ferdinand Reich, químico alemão (1799), André Breton, poeta francês (1896), Cristina Kirchner, Presidente da Argentina (1953), Falco, cantor austríaco (1957), Seal, cantor e compositor britânico (1963), e Benicio del Toro, ator norte-americano (1967).

Morreram neste dia Leonor de Aragão, Rainha de Portugal (1449), Joana Angélica de Jesus, mártir da Independência do Brasil (1822), Karl Weierstrass, matemático alemão (1897), e Deng Xiaoping, ex-Presidente da China (1997).

Mais partilhadas da semana

Subir