Nas Notícias

PS reage à petição contra Mário Soares

O PS já reagiu à petição que quer impedir a homenagem a Mário Soares com o nome do antigo Presidente numa obra pública. A iniciativa, que vai ser debatida no Parlamento, foi considerada “provocatória”.

Recorde-se que mais de 9500 cidadãos assinaram a petição que contesta a atribuição do nome de Mário Soares ao eventual aeroporto do Montijo ou a qualquer obra pública de grande envergadura.

“A petição em causa não passa de um ato chocarreiro e provocatório”, considerou Filipe Neto Brandão, vice-presidente da bancada parlamentar do PS.

“Paradoxalmente”, reforçou o deputado socialista, numa nota enviada à Lusa, a mesma petição “atesta a superioridade moral da democracia, que consente até dislates como esse”.

A iniciativa popular ‘vai ser’ debatida em plenário a 18 de janeiro. Pelo menos, assim indica a agenda do Parlamento, uma vez que o deputado socialista acredita numa rapidíssima rejeição da petição.

“Não creio que alguém lhe venha a dedicar mais do que os parcos minutos que, formal e regimentalmente, lhe estarão atribuídos”.

No texto, o deputado elogiou ainda o antigo Presidente como “um dos vultos maiores da República” e uma personalidade “indubitavelmente consensual entre os portugueses que creem na democracia”.

“Exercer o direito de petição à Assembleia da República é algo que decorre também do resultado da ação cívica de Mário Soares e que pode ser exercido por todos, creiam, ou não, nas virtudes da liberdade e da democracia”, lembrou ainda Filipe Neto Brandão.

Mais partilhadas da semana

Subir