Nas Notícias

Mau tempo coloca país em alerta amarelo

O território português está a ser afetado pela passagem da depressão Gisele, que tem dado chuva, agitação marítima e vento forte.

A meteorologista Ângela Lourenço, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, indica que esta quarta-feira é “o dia mais crítico”

“A partir daí desloca-se em direção a nordeste afetando as ilhas britânicas. No entanto, vamos continuar com uma situação de chuva até ao fim de semana, mas já não é o efeito da depressão Gisele”, garantiu a meteorologista.

As condições do mar levam os especialistas do tempo a deixarem um alerta para que as populações tomem cuidado.

“Estamos à espera de ondas de oeste com quatro a cinco metros”, referiu Ângela Lourenço, destacando que, nesta quarta-feira, são esperadas rajadas de vento que podem “chegar aos 100 quilómetros por hora nas terras altas”.

Nas restantes zonas, podem ocorrer ventos na ordem dos “90 quilómetros por hora”.

Por causa destas condições climatéricas, o IPMA decidiu colocar todos os distritos de Portugal continental sob aviso amarelo.

O alerta do IPMA está em vigor entre as 12h00 e as 18h00 de hoje.

As zonas em aviso amarelo são Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre e Porto.

Também Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real, Viseu e os grupos Central e Oriental dos Açores.

A Madeira está a verde, neste momento.

A Proteção Civil já divulgou um alerta com recomendações para as medidas que as pessoas devem tomar.

Mais partilhadas da semana

Subir