Hoje é dia

7 de fevereiro, dia de Maastricht e de Charles Dickens

O Tratado de Maastricht, documento que institui a União Europeia, foi assinado a 7 de fevereiro de 1992, na Holanda. Também neste dia, em 1812, nasce Charles Dickens, escritor inglês.

Assinala-se hoje mais um aniversário da assinatura do Tratado de Maastricht, um marco na Europa, que começou como um processo de unificação económica entre diversos países e prosseguiu numa política comum, ainda que com divergências entre países.

A denominação original (Comunidade Económica Europeia) em contraponto com a atual (União Europeia) expressa bem a evolução do processo de união de alguns países do Velho Continente.

Foi também a 7 de fevereiro, mas em 1900, que nasceu o Partido Trabalhista, no Reino Unido. Antes, em 1550, foi eleito o Papa Júlio III, sucessor do Papa Paulo III.

E em 1778, Voltaire inicia-se na na Maçonaria, na cerimónia que foi considerada uma das mais brilhantes da história da maçonaria mundial.

Nasceu neste dia Charles Dickens, escritor inglês (1812), o mais popular dos romancistas ingleses da era vitoriana.

Deixou uma obra única, sendo que entre os seus maiores clássicos estão ‘David Copperfield’ e ‘Oliver Twist’.

Nasceram também a 7 de fevereiro Thomas Andrews, engenheiro irlandês que participou na criação Titanic (1873), e Oleg Antonov, engenheiro aeronáutico soviético (1906).

Morreram a 7 de fevereiro Maria de Bragança, infanta portuguesa (1693), e Stephen Gray, cientista inglês (1736).

Morreram também Lina Cavalieri, cantora de ópera italiana (1944), Sebastião da Gama, poeta português (1952), Hermann Esser, chefe de propaganda nazi (1981), e Hussein, rei da Jordânia (1999).

Mais partilhadas da semana

Subir