Hoje é dia

4 de fevereiro, o Facebook é criado para a Universidade Harvard

Acabou por transformar-se na maior rede social do mundo, mas foi criado para servir apenas a Universidade Harvard. O Facebook nasceu a 4 de fevereiro de 2004 e, poucos anos depois, transforma-se num gigante da Internet. Foi também no dia 4 de fevereiro, mas em 1799, que nasceu Almeida Garrett.

Quatro de fevereiro marca o nascimento oficial do Facebook, que em 2004 se torna numa rede fechada para estudantes da Universidade Harvard, que poderiam partilhar imagens e texto. Chamava-se thefacebook.com.

Transformou-se num sucesso instantâneo e num mês metade dos estudantes aderiu à rede. Em março de 2005, Mark Zuckerberg decide comprar o domínio facebook.com, por 200 mil dólares, já com a certeza de que o investimento teria retorno. E o Facebook transformou-se num fenómeno mundial.

A 4 de fevereiro de 1783, dois factos ganham relevância histórica: a Grã-Bretanha declara o fim formal da guerra contra os EUA, antiga colónia britânica, e diversos sismos na Síria, em Alepo, matam mais de 22 mil pessoas.

No mesmo dia, mas a 1789, George Washington é eleito por unanimidade o primeiro presidente dos EUA.

Cinco anos mais tarde é abolida a escravatura nas colónias francesas e em 1924 Mahatma Gandhi é libertado, depois de dois anos de prisão em Bombaim.

Em 1933, uma megamanifestação contra o desemprego reúne 50 mil pessoas no Hyde Park, em Londres.

Já a 4 de fevereiro de 1938, Adolf Hitler autoproclama-se comandante supremo das forças armadas da Alemanha. A independência do Sri Lanka é declarada exatamente 10 anos mais tarde.

Foi neste dia, em 1961, que a luta armada pela independência de Angola arrancou. Era o início da Guerra Colonial Portuguesa.

No Reino Unido, a Rolls-Royce cai na bancarrota e é segura pelo Estado, que evita o fim da marca. Estávamos em 1971. No ano seguinte, uma sonda norte-americana transmite fotografias de Marte.

Em 1976, outros sismos, mas na Guatemala e nas Honduras: mais de 22 mil vidas perdidas, num desastre natural que deixou profundas marcas nos dois países. Enquanto as Honduras e a Guatemala tremiam e sofriam, Lourenço Marques, capital de Moçambique, é batizada de Maputo.

Mais tarde, em 1992, Hugo Chávez tenta um golpe de estado contra o presidente da Venezuela, Carlos Andrés Pérez.

Nas Artes, no ano de 1964, a revista norte-americana Newsweek faz história sem querer, ao publicar o primeiro artigo com chamada de capa, relativa a uma banda que viria a conquistar o mundo: The Beatles.

Em 1991, os Queen lançam ‘Innuendo’, que marca a ‘despedida’ de Freddie Mercury: foi o último álbum lançado antes da morte do cantor.

Nasceram neste dia Almeida Garrett, escritor português (1799), Kim Yong-nam, presidente da Coreia do Norte (1928), Isabel Perón, ex-presidente da Argentina (1931), José Cid, músico e compositor português (1942), Alberto João Jardim, político português (1942), e Alice Cooper, músico norte-americano (1948).

A 4 de fevereiro morreram Septímio Severo, imperador romano (212), o Papa Sisínio (ano de 708), São Cirilo (869), Adolphe Sax, belga inventor do saxofone (1894), e Francois Reichelt, inventor do pára-quedas (1912).

Mais partilhadas da semana

Subir