Mundo

Vídeo: Touros de Pamplona fazem feridos até entre estrangeiros

As corridas de touros em Pamplona, Espanha, continuam a ser o foco das festas de São Firmino. O número de feridos ainda não foi confirmado, mas pelo menos três estrangeiros receberam assistência e um espanhol foi atingido duas vezes consecutivas.

Uma tradição que remonta aos tempos medievais continua a fazer vítimas, em Espanha: mas sem ela as festas de São Firmino não encheriam as ruas de Pamplona com turistas.

Os ‘encierros’, ou as corridas de touros, são uma das duas imagens de marca das festas de Pamplona: a outra imagem de marca é o registo de feridos.

Os números ainda não foram confirmados pelas autoridades, mas só hoje já foram assistidos três estrangeiros, dois norte-americanos e um britânico, no Complexo Hospitalar de Navarra, que recebeu ainda 11 utentes espanhóis.

Um desses feridos teve o ‘azar’ de ser atingido duas vezes pelos chifres de um dos seis touros que participaram no segundo ‘encierro’ das festas.

Registe-se que os bovinos nem são os principais ‘agressores’: a tradição manda que a grande maioria das vítimas se magoe ao tentar fugir pelas ruas apertadas da cidade. Destes encontrões resultam contusões e pisadelas, geralmente tratados nos postos da Cruz Vermelha, mas ontem houve uma pessoa que caiu e sofreu um traumatismo craniano.

Segundo a organização, a segunda corrida, na manhã de hoje, demorou apenas dois minutos e dez segundos, um tempo mais rápido do que é habitual. A primeira, ontem, demorou mais 13 segundos.

No ‘encierro’ de hoje foram utilizados seis touros, com pesos entre 520 e 585 quilos, que se estrearam nas festas.

Mais partilhadas da semana

Subir