Mundo

Vídeo: Menina de 15 anos dá lição a líderes mundiais em cimeira da ONU

Greta Thunberg tem 15 anos e luta por um mundo mais ecológico. A jovem aproveitou uma cimeira de vários líderes mundiais das Nações Unidas sobre o clima (COP24), em Katovice, na Polónia, para lhes deixar uma lição e ainda os acusar de “imaturidade”. “Até esse fardo deixam para nós, as crianças”, acusou a jovem sueca Greta, num discurso que já corre mundo.

Os representantes de 197 países ouviram esta jovem ativista ambiental falar de problemas relacionados com o meio ambiente e ficaram com ‘as orelhas a arder’.

Ainda que com uma voz frágil, Greta enfrentou a plateia sem medo das palavras, depois de, por exemplo, já ter faltado às aulas para lutar por aquilo em que acredita.

Agora, discursou perante uma plateia de 197 representantes mundiais e disse o que lhe vai na alma.

“Só falam de um crescimento económico ambiental eterno porque têm demasiado medo de não serem populares”, começou por dizer a jovem.

Greta explicou ainda que os representantes mundiais “só falam em avançar com as mesmas más ideias” que levaram o mundo a “esta alhada”.

“Mesmo quando a única coisa sensata a fazer é usar o travão de segurança.”

A sueca acusou ainda os líderes mundiais de “não serem suficientemente maduros para expor a realidade”.

“Até esse fardo deixam para nós, as crianças. A nossa civilização está a ser sacrificada para um grupo muito reduzido ter a oportunidade de continuar a ganhar fortunas”.

O auditório surpreendeu-se com a intervenção de cerca de três minutos que promete ‘ecoar’ por muito tempo.

“É o sofrimento de muitos que paga o luxo de poucos.”

Mais partilhadas da semana

Subir