Insólito

Vídeo: Internet rendida à descoberta do “homem mais alto do mundo”

As imagens de Robert Wadlow, tido como o “homem mais alto do mundo” foram divulgadas esta semana nas redes sociais, deixando os utilizadores ‘de boca aberta’. Nascido em 1918, o homem chegou a medir 2,72 metros.

Ninguém imaginava, a 22 de fevereiro de 1918, que o recém-nascido Robert Wadlow se viria a tonar no homem mais alto do mundo.

O crescimento extraordinário de Wadlow foi alimentado por uma hipófise hiperativa, levando-o a crescer de forma impressionante nos primeiros anos de vida. Aos 5 anos media mais de 1,60 metros e era obrigado a vestir roupa para jovens de 17 anos.

Três anos mais tarde superou a altura o peso do próprio pai, com 1,87 metros e 90 quilos.

Apesar de não ser possível negar o facto de Wadlow ser uma criança invulgar, os seus pais tentaram sempre tornar a sua vida o mais normal possível.

Aos 13 anos, por exemplo, tornou-se no escuteiro mais alto do mundo, sendo necessário um uniforme, tenda e saco cama feito à sua medida. O ‘recorde’ chegou ao atingir a maioridade, aos 18 anos, quando a sua altura chegou aos 2,53 metros.

As doenças e problemas começaram então a revelar-se de forma mais preocupante. A fraqueza e falta de sensibilidade nas pernas e pés obrigaram-no, desde muito cedo, a recorrer a uma bengala para caminhar.

Uma infeção no tornozelo revelou-se fatal, ao infetá-lo gravemente. Acabou por morrer em 1940, com 22 anos de idade e 2,72 metros.

De acordo com o Bored Panda, as suas últimas palavras foram: “O médico diz que não vou chegar em casa para as celebrações”, referindo-se às bodas de ouro da sua avô paterna.

Veja o vídeo e, em baixo, as imagens.


0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir