Fórmula 1

Valtteri Bottas o mais rápido no último dia de testes de F1 em Barcelona

Um dia depois de Lewis Hamilton ter tido problemas no Mercedes W11, Valtteri Bottas voltou a colocar a equipa campeã do Mundo de Fórmula 1 no topo da tabela de tempos nos testes que estão a decorrer em Barcelona.

Nesta última jornada de preparativos para a temporada 2020, antes do arranque no Grande Prémio da Austrália, o finlandês realizou uma volta ao Circuito da Catalunha em 1m16,196s, a quase meio segundo da sua anterior melhor marca, realizada no mesmo traçado há precisamente uma semana.

Bottas fez o mesmo número de voltas que ostenta no pelotão da F1, # 77, e superou em 73 milésimas Max Verstappen, que reencontrou a forma no seu Red Bull RB16 efetuando a segunda melhor marca da jornda. O holandês voltou a partilhar o monolugar com o seu companheiro de equipa Alex Albon, e por isso perfez somente 44 voltas, contra 59 do piloto tailandês, cujo trabalho não se centrou na performance.

Hamilton também tripulou o Mercedes, totalizando 90 voltas, a melhor das quais lhe proporcionou o quinto registo do dia, a mais de duas décimas do seu companheiro de equipa, mas a menos de uma de Charles Leclerc, que foi o quarto mais rápido na melhor das 177 voltas que realizou com o Ferrari SF1000. Tal como sucedera na véspera com Sebastian Vettel, o monegasco teve o dia de pista com o carro de Maranello só para si.

Os pilotos no top cinco utilizaram todos os pneus mais macios da Pirelli (os C5), ficando fora deste lote os homens da Renault e da Racing Point, onde Esteban Ocon e Sergio Pérez estiveram em destaque. O francês foi o sexto mais rápido e realizou 71 voltas, já o mexicano teve o RP20 só para si e por isso completou 153 voltas.

Também Carlos Sainz Jr foi o único piloto a bordo do McLaren MCL35. O espanhol terminou o dia com o oitavo registo e 159 voltas percorridas, um pouco mais do que George Russel, nono mais veloz, que totalizou 143 voltas no Williams FW43.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir